Esta ação já aconteceu
Icon 5b477f71 666c 48ed 9598 1844cc8c29d9

EDUCAR PARA UM FUTURO MELHOR

Categorias
Trabalho com a Comunidade, Educação, Arte e Cultura, Infância
Status
Aberta
Criado em
27/10/2017

¨Quando vejo uma criança, ela inspira-me dois sentimentos: ternura, pelo que é, e respeito pelo que pode vir a ser.¨
Louis Pasteur

Sempre que uma criança sorri o mundo agradece, fica mais belo e ainda mais especial. Foi com este desejo em nossos corações que resolvemos escolher o trabalho mais nobre que pode repousar nas mãos de um homem, a responsabilidade de melhorar nem que seja um pouquinho, o mundo de uma criança. Após fazer muitas pesquisas, nós do grupo ESQUADRAO DO BEM, encontramos a Instituição Casa Abrigo do Município de Coroatá. Esta instituição e lar de crianças que infelizmente não podem se manter junto à suas famílias em decorrência de maus tratos, abusos e até mesmo abandono. A Casa Abrigo e lar temporário dessas crianças que esperam através de decisão judicial, ou voltar para seus lares em companhia de outros familiares ou mesmo encaminhadas para adoção. Praticamente todas as crianças ainda não sabem ler, elas veem de famílias muito humildes. Por entender que a educação e o melhor caminho para que tudo evolua, criamos a ação " EDUCAR PARA UM FUTURO MELHOR"( dividimos a ação em 04 momentos). Levando em consideração os objetivos de desenvolvimento sustentáveis adotados pela cúpula das nações unidas, resolvemos desenvolver nossa ação pautando no objetivo Educação de Qualidade. (22/08/2017) Hoje os voluntários do Esquadrão do Bem se juntaram e foram conhecer a instituição Casa Abrigo do município de Coroatá MA, onde será realizada a ação Educar para um Futuro Melhor. No encontro, conhecemos a assistente social Flores que nos apresentou o abrigo, as crianças e todos os funcionários. No contato tentamos entender qual seria a melhor forma que voluntários poderiam atuar, e levando em consideração que as crianças possuem uma grande deficiência no quesito alfabetização básica onde praticamente todas não sabem ler, decidimos atuar nesta linha em concordância com os objetivos de desenvolvimento sustentáveis segundo o item Educação de Qualidade. Na visita nós podemos entender que o Abrigo realmente esta precisando de mãos amigas. Há muito o que ser feito, as verbas são pequenas e as vezes a casa mantém um grande número de crianças. Decidimos fazer o nosso melhor e tentar garantir o maior prêmio da ação para o abrigo, que de fato precisa muito, e então partimos para a fase de planejamento em uma próxima ação. (11/09/2017) Depois daquele encontro ficamos pensando o que poderíamos fazer para ajudar o abrigo do ponto de vista de alfabetização. Foi de fato um grande desafio pois a maioria de nos nunca tinha sido voluntario antes e nem tínhamos um pedagoga conosco neste projeto. Decidimos então colocar a criatividade no papel e desenvolver nossa ação. Afinal com boa intenção e grandes corações, certamente faríamos um bom trabalho. Éramos eu (Tom) que já tinha experiência com voluntariado, Neto, Orlando e Alex que sabiam tocar instrumento e entendiam de musica. Juntamos todas as ideias e elas não couberam em um só encontro, decidimos fazer quatro encontros para desenvolvermos a ação. Toda criança gosta de brincar, então porque não brincarmos com as letras, os números, as formas e as cores? e assim fizemos. Não apenas um, mais quatro encontros para desenvolvermos esses temas. No planejamento geral assim seria o nosso cronograma. Nos encontraríamos nos sábados dias 23, 30/09/2017 e nos dias 07, 14/10/2017 desenvolvendo um dos 4 temas em cada sábado. Das 9:00 as 9:30 momento cantoria, das 9:30 as 10:00 momento contação de historias e das 10:00 as 11:00 momento recreação, sempre voltados para o tema da brincadeira do dia. Para o momento cantoria, nossos músicos ficaram responsáveis por conduzir as canções do universo infantil promovendo a fixação do aprendizado por meio de musicas educativas. Para o momento contação de historias nos mobilizamos para arrecadar doações de livros infantis (o abrigo não tinha nenhum) e montarmos o cantinho da leitura. Contatamos com clientes e amigos e arrecadamos livros. Fizemos uma campanha pela internet e arrecadamos livros até de Porto Alegre RS, gente do outro lado do pais disposto a nos ajudar. Aqui cabe uma breve historia: Em uma dessas conversas para arrecadações de livros, uma senhora idosa me escutou e fez um gesto muito incrível e emocionante. Ela guardava, com quem guarda ouro, um livro infantil de edição 1968 pelo qual tinha muito estima e apreço, de um valor emocional incalculável e resolveu abster-se dele para essa causa. Eu particularmente me emocionei com essa atitude. São coisas assim que me fazem acreditar na humanidade. Restaurei o livro (que já não estava tão assim em perfeito estado) e o adotamos como mimo do nosso cantinho da leitura. Para o momento recreação, mexemos nos bolsos e doamos de bom grado os materiais necessários para cada ação conforme planejamento instituído. e então: MÃOS A OBRA, E ACAO!!!! (23/09/2017) O primeiro encontro da nossa ação foi muito legal, divertido, e educativo. Antes de começarmos as atividades, conversamos com a psicóloga do abrigo Carline, que nos deu algumas orientações de como conduzir o trabalho respeitando as particularidades de cada criança e seu psicológico, porque além de educar, viemos com a missão de restaurar um pouco da infância perdida de cada uma delas. Os voluntários Neto e Orlando juntamente com Ketry, voluntaria da comunidade, iniciaram os trabalhos conduzindo o momento cantoria. Aprendemos juntos o alfabeto associando as letras a algumas palavra conhecidas através de cantigas animadas e divertidas, foi diversão a solta até para os adultos. No segundo momento a assistente social do abrigo, Flores, conduziu a contação de historias. Convidamos as crianças a escolherem um cantinho da sala para juntos montarmos o cantinho da leitura e organizarmos os livros. Uma das crianças escolheu o livro da vez. Com a historia, crianças e adultos ali presentes aprenderam um linda lição sobre compartilhar as coisas. Em seguida montamos o tatame das letras, foi muito legal colocar as letras em ordem junto com as crianças. Todos voltamos a infância. Pausa para um delicioso lanchinho pra repor as energias (aqui a energia só dos adultos mesmo, porque as crianças estavam a todo vapor kkk). Então veio o momento recreação. Montamos o varal das letras, brincamos de montar as vogais, brincamos de encontrar as vogais, pintamos as vogais e fizemos nosso mural. Foi tudo tão divertido que nem vimos as horas passarem. Estamos ansiosos para o próximo encontro onde brincaremos com os números. (30/09/2017) O segundo encontro foi maravilhoso, a algum tempo as crianças já haviam demostrado um desejo grande pra brincar de amarelinha, não teve outra, e fizemos esta atividade em nosso encontro. Aprendemos a contar, com as musicas do tio Neto. Ouvimos uma historia bem legal e partimos para as atividades diversas sobre contar e associar. Nada de subtração, a divisão foi de conhecimento multiplicando sorrisos. Foi de mais!!! (07/10/2017) Mais um sábado animado chegou e dessa vez decidimos ensinas as crianças as formas geométricas planas básicas, a e brincadeira foi muito legal. Como sempre tio Neto começou com a cantoria de musicas infantis abordando o tema, depois o tio Alex leu um livro muito legal. Na oficina tivemos colagem das formas, brincamos de fazer origami, e o tangram foi a novidade. Muita alegria nesta nova ação. (12/10/2017) No dia das crianças tivemos que fazer algo mais memorável e marcante e organizamos uma força tarefa com vários voluntários da comunidade para nos ajudar neste dia de brincadeira. Brincamos de cores, pintamos os rostos, teve palhaço, teve cachorrinhos e uma diversão foi incrível. Teve bonequinhos falantes e muitos presentes entregues. Uma manhã marcante de muita diversão.
Você precisa estar logado para comentar e interagir!
Login ou Cadastre-se