Bradesco recebe encontros do CBVE


Entre os dias 20 e 21 de fevereiro, o Bradesco abrigou dois eventos do CBVE (Conselho Brasileiro de Voluntariado Empresarial) na Cidade de Deus, iniciando a agenda da entidade em 2019.

No primeiro dia aconteceu o “Prata da Casa CBVE”, destacando o caseVoluntários Bradesco e UniBrad Semear: gerando valor através de parcerias e construções coletivas”, apresentado para gestores de voluntariado empresarial de grandes empresas brasileiras.

A apresentação foi realizada por Ednei Lopes (Programa Voluntários Bradesco), Osvaldo Nogueira (UniBrad) e Ana Carolina Franchi (Carlotas), e destacou o modelo utilizado para levar Educação Financeira e Habilidades Socioemocionais para estudantes, educadores e comunidade do entorno da Escola Estadual Sólon Borges dos Reis, na cidade de São Paulo.

Após a apresentação, o grupo realizou uma dinâmica de aprendizado coletivo, com foco no desenvolvimento de competências por meio do Voluntariado.

O Diretor de Recursos Humanos do Bradesco, Victor Queiroz, também falou com os participantes e destacou a importância do Voluntariado: “É um excelente vetor de transformação, pois além de gerar benefícios para a comunidade, contribui para o desenvolvimento de competências das pessoas engajadas”.

O “Prata da Casa CBVE” foi encerrado com a palestra “Seja você a mudança que quer ver no mundo”, apresentada pelo casal Iara e Eduardo Xavier, os Caçadores de Bons Exemplos. Eles contaram um pouco de sua história e destacaram exemplos de pessoas que eles conheceram e que fazem a diferença nos locais onde vivem, emocionando e inspirando os participantes.

No dia 21 de fevereiro foi realizada a primeira AGO (Assembleia Geral Ordinária) do CBVE em 2019, que também aconteceu nas dependências da UniBrad (Universidade Corporativa Bradesco), na Cidade de Deus.


U     UniBrad Semear


Programa desenvolvido pela UniBrad que, por meio de um projeto piloto, levou Educação Financeira e Habilidades Socioemocionais para alunos, educadores e para a comunidade no entorno da Escola Estadual Sólon Borges dos Reis, na Zona Oeste da Cidade de São Paulo.

Alguns números:

- 3 encontros de capacitação, 27 de aplicações e 1 de avaliação

- 20 voluntários envolvidos

- 1.050 pessoas beneficiadas